Linhares e Conceição da Barra confirmam carnaval; Guririri tem, sem trio elétrico

trioLinhares

O carnaval nas praias de Pontal do Ipiranga, Regência e Povoação, em Linhares, contará com segurança reforçada. Serão 130 homens da Polícia Militar, da Guarda Municipal e da Polícia Civil que atuarão na segurança dos foliões nas três praias além do Parque da Lagoa e sede do município.

O policiamento na sede será mantido com o auxílio da Guarda Municipal e da Central de Videomonitoramento que funcionará normalmente. Os guardas municipais ficarão ainda responsáveis pelo monitoramento do patrimônio público, como as escolas municipais e unidades de saúde. A segurança armada no Hospital Geral de Linhares também está mantida.

O efetivo da Polícia Militar é composto de 110 homens. Em Pontal do Ipiranga serão 90 PMs. Trinta militares foram deslocados das cidades de Colatina e Santa Teresa que cancelaram suas programações.

Em Povoação irão atuar oito policiais. Já em Regência serão 15. No Parque Municipal da Lagoa serão três policiais militares para cuidar da segurança dos foliões que decidirem ficar na sede de Linhares.

Serão três viaturas da PM e outros nove veículos entre utilitários e carros de passeio cedidos pela Câmara Municipal e Prefeitura de Linhares que farão o transporte dos PMs. Outras três viaturas da PM estarão atuando na sede do município.

Conceição da Barra

O carnaval de Conceição da Barra, um dos mais tradicionais da região Norte, está confirmado. A manifestação dos familiares dos policiais militares na cidade terminou na noite desta terça-feira (21), segundo a prefeitura, e o efetivo será suficiente para garantir a segurança no município durante os dias de festa.

Chicão informou ainda que os militares voltaram às ruas porque seus familiares entenderam a importância da festa para a economia do município. “Houve várias conversas com o governo do Estado e com o comando da PM de Conceição da Barra sobre a importância do carnaval para o nosso comércio. Então os próprios policiais falaram com suas famílias e, já que a maioria é ligada ao comércio local, se sensibilizaram e finalizaram o protesto para poder ter a festa”, explicou.

O prefeito informou ainda que durante o carnaval são gerados mais de cinco mil empregos entre Itaúnas e a sede de Conceição da Barra. “Se não houvesse carnaval o prejuízo para o comércio seria de aproximadamente R$10 milhões”, frisou.

A programação foi divulgada no início da noite de ontem. A festa vai começar na quinta-feira (23) e seguirá até terça-feira (28), com shows musicais, inclusive com atrações nacionais, como Gang do Sunga e Patrulha do Samba. A programação prevê ainda matinês, blocos carnavalescos e aulas de zumba.

Guriri

O carnaval em Guriri, balneário de São Mateus, também está confirmado, porém, sem trio elétrico e bandas musicais. De acordo com a Associação de Bartendes, Artesãos e Vendedores Ambulantes Mateenses (Abavam), responsável pela realização do evento, o formato da festa será alterado por causa do número de policiais militares disponíveis para trabalhar.

“Decidimos que vai ter carnaval, porém num formato diferente, sem trio elétrico e bandas, este ano serão marchinhas e blocos. Teremos 70 policiais militares e 14 viaturas para fazer a segurança da festa, esse efetivo não atenderia uma festa maior. Mesmo não tendo tanto lucro, a nossa maior preocupação é com a segurança de todos”, disse Paulo César Oliveira Gama, o presidente da associação.

Por falta de dinheiro em caixa, a Prefeitura de São Mateus não irá arcar com os custos do carnaval no município. A secretária de Cultura, Turismo e Esportes de São Mateus, Domingas Santos Dealdina, disse que, apesar de não estar à frente da organização, a prefeitura dará o apoio necessário à realização do evento. “Vamos cuidar da parte da limpeza e providenciar ambulâncias para a população. Não podemos assumir a organização do evento, devido à nossa atual situação financeira, mas daremos o apoio necessário para sua viabilização”, afirmou.

Com a mudança no formato do carnaval, ainda não há programação definida. De acordo com a prefeitura, os blocos interessados em participar é que deverão se manifestar nos próximos dias.

Comentar esta notícia